Reumatismo?

Minimize seus efeitos por meio da alimentação.

  • Publicado em 23/08/2016

Adicionar no seu Flipboard

As doenças reumáticas incluem centenas de diferentes manifestações, caracterizadas principalmente pelos sinais de dor, inflamação, degeneração e inchaço das articulações. As partes mais afetadas são os tendões, ligamentos, ossos, cartilagens e as membranas sinoviais (elas revestem as articulações e secretam os lubrificantes que permitem os movimentos).


O termo reumatismo compreende um conjunto de patologias associadas às articulações, músculos e esqueleto. Devido a enorme abrangência do termo existem mais de 100 doenças que possuem essa designação, desse modo é comum encontrar pessoas com algum quadro de reumatismo, uns mais brandos outros mais graves, o fato é que é possível minimizar os efeitos do reumatismo no organismo por meio de uma dieta adequada e balanceada.

As causas da maioria das doenças reumáticas permanecem desconhecidas. Porém, sabe-se que o padrão alimentar e o estado nutricional do indivíduo influenciam na intensidade dos sintomas. Por isso, o tratamento nutricional acabou se tornando um coadjuvante no tratamento geral dessas enfermidades.

- Alimentos anti-inflamatórios
Alimentos ricos em ácidos graxos ômega 3 e 9 são importantes aliados no combate a inflamações e proteção do sistema cardiovascular, esses nutrientes são comumente encontrados em pescados de água doce e salgada, azeite, abacate, aveia, avelãs, nozes, castanhas e demais oleaginosas.

- Alimentos que fortalecem o sistema imunológico
Vitaminas A, E e o zinco são importantes no fortalecimento do sistema imunológico, além de possuírem função antioxidante, os alimentos mais comuns com esses nutrientes são o leite e seus derivados, as carnes vermelhas e os ovos.

Vitamina D e Cálcio 
A vitaminada D auxilia na absorção de cálcio pelo organismo e é sintetizada naturalmente através do contato da nossa pele com o sol, por isso recomenda-se a exposição diária por alguns minutos à luz do sol, excetuando os horários mais intensos. A vitamina D também pode ser encontrada em suplementos e alimentos como os pescados, ovo, fígado e manteiga.
O cálcio é utilizado pelo organismo para a formação dos ossos e mantê-los fortes, a sua falta pode acentuar os sintomas do reumatismo em especial em casos de artrose e osteoporose. O cálcio pode ser encontrado no leite e seus derivados, verduras de cor escura, sardinha, gergelim, soja, linhaça, grão de bico entre outros alimentos. 

Manter uma alimentação balanceada que tenha como foco alimentos que fortaleçam o tecido muscular e esquelético é a melhor forma de atenuar os sintomas no reumatismo, permitindo assim que o indivíduo possa ter uma vida normal. Procure sempre um nutricionista antes de iniciar qualquer tipo de programa alimentar ou dieta.




Quer fazer uma Avaliação ou marcar uma consulta ?
Avaliação

A tecnologia da bioimpedância simplicidade e rapidez, fornecendo uma informação completa sobre a nossa condição atual e uma orientação sobre a composição corporal ideal.

Planejamento

A partir dos dados obtidos serão traçados objetivos e metas para o paciente. Será elaborado um plano nutricional e um cardápio personalizado e individual.

Suplementação

Tanto o plano alimentar quanto a suplementação será direcionada conforme as necessidades do paciente: perda de peso, ganho de massa muscular, performance, preparo físico e competições.

Quer receitas e Cardápios em seu e-mail ?