Prisão de Vente?

Nunca mais!

  • Publicado em 30/08/2016

Adicionar no seu Flipboard

Segue algumas dicas de como evitar a prisão de ventre:

Coma de forma saudável: alimentos ricos em fibra devem ser ingeridos, pois irão ajudar a facilitar a evacuação, regulando o trânsito intestinal. A fibra pode ser encontrada nos seguintes alimentos: pão integral, barra de cereais, feijão, grão-de-bico, ervilhas, favas, maracujá, entre outros.

Evite fast food, refrigerantes, frituras e doces em geral. Consumir alimentos errados piora a prisão de ventre, pois não ajuda ao bom funcionamento do intestino, devendo ser banidos do plano alimentar.

Por norma, os alimentos ricos em açúcar colaboraram para o aumento de bactérias nocivas ao organismo, contribuindo assim para o agravamento da prisão de ventre.  

Algumas frutas têm um papel importante no controle da obstipação, sendo também conhecidas por frutas laxantes. As mais indicadas para esse propósito são as mais ricas em nutrientes, como: ameixa, uva, morango, abacaxi, mamão, kiwi, figo e abacate.

As fibras presentes em algumas frutas como a maçã e frutas cítricas conhecida como pectina, interage com a água formando géis em nosso intestino. Com a formação desses géis, as fibras solúveis aumentam o tempo do esvaziamento, fazendo com que demoremos mais tempo para sentirmos fome. Os géis formados pelas fibras solúveis e pela água também fazem com que a absorção de açúcares e gorduras, como o colesterol sejam diminuídos, pois uma parte desses nutrientes acabam sendo excretados juntos com as fibras.

Inclua sementes na alimentação: algumas sementes são ricas em fibras, o que vai ajudar a combater a obstipação. A mais aconselhada é a semente de linhaça, pois contém fibras solúveis e insolúveis.

Para casos de prisão de ventre crônica, além de a incluir na dieta junto a outros alimentos, existe uma solução muito prática e eficaz: colocar uma colher de chá de sementes em um copo de água, deixando-as ficar toda a noite em repouso. Pela manhã e em jejum, beba a água e as sementes.

Consuma também fibras insolúveis. Elas não interagem com a água formando um gel como as fibras solúveis, mas a principal função dessas fibras é o aumento do bolo fecal, estimulando o peristaltismo intestinal, ou seja, aumentando o funcionamento do intestino!

As fibras insolúveis mais consumidas são a #celulose encontrada em casca de frutas, farelo de trigo, feijão, soja, ervilha, milho e verduras folhosas; a #hemicelulose tipo B encontrada no farelo de trigo, milho verde, abóbora, beterraba, mandioca, amendoim, aveia e cevada;  e a #lignina encontrada em farelo de trigo, cereais integrais e pães integrais.

O ideal é que as fibras solúveis e insolúveis sejam consumidas diariamente, e não só um tipo de fibra, pois as fibras solúveis amolecem o bolo fecal com a formação de géis e as fibras insolúveis aumentam o trânsito intestinal, portanto o consumo de frutas, vegetais e grãos integrais são essenciais para a nossa saúde intestinal!

As fibras devem ser consumidas por todos os indivíduos saudáveis, mas são especialmente recomendadas para os casos de constipação intestinal, pessoas com o colesterol e triglicerídeos aumentados e portadores de diabetes, principalmente o tipo 2.

Consuma, também, iogurtes probióticos, pois são excelentes aliados para quem sofre de prisão de ventre. O seu consumo regular contribui para a proliferação de bactérias boas para o organismo, ajudando assim ao bom funcionamento dos intestinos.

Comer devagar é primordial e mastigue bem os alimentos. Respeitando este processo, é possível aliviar os sintomas da obstipação intestinal. 

Beber água, manter o corpo hidratado é um dos principais passos para evitar a prisão de ventre. O consumo de água deve ser regular, sendo que são recomendados, no mínimo, 8 copos de água por dia (2 litros). O primeiro copo de água deve ser bebido pela manhã e em jejum, de forma a desintoxicar o organismo, mantendo-o mais saudável.

Faça exercício físico, pois ter um estilo de vida saudável e evitar o sedentarismo é importantíssimo. Ao praticar desporto é possível aumentar o fluxo sanguíneo na região abdominal, melhorando assim o trânsito intestinal.  




Quer fazer uma Avaliação ou marcar uma consulta ?
Avaliação

A tecnologia da bioimpedância simplicidade e rapidez, fornecendo uma informação completa sobre a nossa condição atual e uma orientação sobre a composição corporal ideal.

Planejamento

A partir dos dados obtidos serão traçados objetivos e metas para o paciente. Será elaborado um plano nutricional e um cardápio personalizado e individual.

Suplementação

Tanto o plano alimentar quanto a suplementação será direcionada conforme as necessidades do paciente: perda de peso, ganho de massa muscular, performance, preparo físico e competições.

Quer receitas e Cardápios em seu e-mail ?